Vida em ordem

Como manter a casa organizada no dia a dia?
Toda segunda-feira é a oportunidade de um recomeço. Mas com elas pode chegar também a ansiedade de manter as rotinas em dia. Trabalho, compromissos agendados, atualizações profissionais, além dos cuidados gerais com a casa. Como gerenciar tudo isso e ainda conseguir tempo para aproveitar seu tempo, seu espaço e as pessoas que você ama?
Cuidar da organização da casa não significa arrumá-la, mas sim procurar melhores soluções logísticas para aquelas bagunças e situações de caos que podem atravancar seu dia a dia. Por exemplo, se você costuma desperdiçar muitos alimentos que compra, talvez seja a hora de organizar o seu menu semanal. Se você tem roupas demais se acumulando no armário, talvez seja a hora de comprar um novo móvel, mais funcional, ou então fazer uma seleção de itens que não são mais usados para liberar espaço, conseguindo então visualizar tudo aquilo que realmente importa e agilizar a escolha das suas peças.
Se não criamos uma rotina de cuidados básicos e diários com a casa, isso faz com que as tarefas se acumulem para os períodos em que devemos aproveitar e relaxar, tais como finais de semana e feriados. Contudo, a instituição de uma rotina de organização pode colaborar para uma casa mais arrumada, proporcionando mais tempo para as coisas boas da vida e um ambiente mais agradável de estar.
 


Como começar?
É preciso observar as pistas que nossa própria bagunça nos dá. Ao verificar o que se repete diariamente, é possível criar soluções mais práticas. Por exemplo, você chega com a correspondência e deixa que ela se acumule em cima da mesa? Que tal providenciar um cesto para acomodá-las e conferir tudo na quarta-feira à noite? Identifique as pistas e procure as rotinas mais eficazes para o seu modo de vida.
Mas como fazer a manutenção do que é essencial? O que devemos fazer todos os dias para manter a casa em funcionamento?
Arrumar a cama, tirar o lixo, varrer o chão, lavar a louça, verificar toalhas e roupas para lavar, guardar ou passar, guardar tudo aquilo que ficou fora do lugar ao longo do dia, além de gerenciar as refeições. Para cumprir tudo isso, você pode criar um quadro e fixar na parede ou na geladeira, até que você - e todos que vivem na mesma casa - façam dessas atividades um hábito.
Há coisas que não precisam ser feitas diariamente. Então é possível criar um check list de atividades diárias, semanais e mensais. O ideal é que tudo seja responsabilidade de todos. Com os filhos, uma interessante ideia é vincular a realização de tarefas com o recebimento da mesada, por exemplo. É preciso trabalhar a comunicação entre todos para que as responsabilidades não caiam nos ombros de uma só pessoa. Assim é possível desenvolver o espírito de trabalho em equipe.
A casa é um espaço para descanso, convívio com pessoas que amamos e realizar atividades agradáveis. Com a incorporação de hábitos de organização, todos terão mais tempo para conviver e aproveitar. Isso deve ser explorado na comunicação para que todos fiquem motivados a realizar as tarefas.
Em tempo: não busque concretizar grandes projetos no dia a dia. Se todo mundo trabalha fora ou se há crianças pequenas na casa e não há como contratar alguém para auxiliar na arrumação diária, é importante reduzir as expectativas em relação à organização do lar. Faça sua própria lista, buscando elencar o mínimo possível de atividades. Isso vai te ajudar a aproveitar melhor seu dia a dia e se esgotar muito menos com a rotina de cuidados com a casa.



Compartilhe!
Deixe seu comentário

Veja
Também

Telefone
Diretor Comercial
Marcos Flaitt
(14) 99601-3070
E-mail
redacao@revistad.com.br
apoiorevistad@gmail.com
(14) 3221-0780
Siga-nos