Chic Curvè

Multimarcas online traz opções para mulheres curvilíneas
Após enfrentar dificuldades para encontrar roupas para manequim acima da numeração 44, a professora universitária Chimenny Moraes tomou a decisão de empreender. Assim nasceu a Chic Curvè. Com um conceito moderno, a loja funciona no Instagram e ganhará um site-vitrine para que as clientes possam conhecer os modelos, tamanhos e variantes de cor disponíveis. A venda é concretizada via WhatsApp ou Direct, e o produto chega às mãos da consumidora via home delivery, além da possibilidade de realizar atendimentos para a prova das roupas na região de Marília com horário marcado.
“Misturamos o melhor dos dois mundos, com a facilidade de acesso aos itens pelas redes sociais, além da comodidade de ter as peças para que a cliente possa experimentar, diferente do que acontece numa loja online convencional”, pontua a empresária. Para quem não tem disponibilidade de provar ou está fora da região de Marília, o site oferece as tabelas de medidas de todas as marcas para que a cliente sinta ainda mais segurança na hora de comprar. “Com numeração do 44 ao 54, a Chic Curvè traz uma curadoria de marcas que reúnem qualidade, durabilidade e tecnologia para o nosso tipo de curva. Como consumidora, testei todas elas para garantir que tivessem os melhores cortes, tecidos e modelagens”.



Um dos exemplos de sucesso é o jeans da marca Elegance. “Essa é uma marca all curves, que trabalha desde o 38 até o 54, na qual o mesmo modelo que veste o menor número também foi desenhado para vestir, com perfeição, os manequins de maior número. É uma marca cheia de tecnologia, com peças perfeitas para o corpo da brasileira. Na loja, sob encomenda, é possível conseguir algumas peças em numerações diferentes”, revela.
Entre as marcas trabalhadas estão ainda algumas como Predilects, Maxiplus, Clloe Store, Carmela Cloo e Join Curves, com peças que vão desde a moda praia até a modinha festa, com vestidos de paetê e lurex, sem deixar de lado as roupas para o dia a dia – tudo com muito estilo e bom gosto.



MERCADO PLUS SIZE
A maior propagação do mercado plus size tem efeitos extremamente positivos para a autoestima das brasileiras. “Antes, vestíamos o que nos servia, mas isso mudou muito. Hoje vemos modelos 38 e 54 lado a lado num catálogo de roupas. Isso é um marco na história da moda”, pontua Chimenny. “Não é a roupa que deve dizer qual corpo devemos ter, e sim os nossos corpos que devem ditar como as roupas devem ser confeccionadas”.
Para a empresária, trabalhar com esse segmento é proporcionar para outras mulheres o poder estar feliz com aquilo que se veste. “Devemos empoderar nossas curvas. Sofremos muito por não encontrar as roupas e as marcas que desenham roupas sob medida para nossos manequins. Mas a internet muito colabora para que possamos finalmente nos aceitar, amar nossos corpos e nos orgulhar dele. Ao conhecer digital influencers desse segmento, coma maravilhosa Miss Brasil Plus Size, Aline Zattar, Aline Santos, Bruna Rego, Deborah Fernandes e Fluvia Lacerda percebemos como elas tratam seus próprios corpos. E isso, definitavamente, muda nossa cabeça. É transformador encontrar roupas que nos vestem bem, e essa foi a minha motivação para organizar a loja, com peças que proporcionem essa felicidade para outras pessoas também”.


 
SAIBA MAIS
Para outras informações, siga o perfil @chiccurve no Instagram ou entre em contato via WhatsApp pelo (14)99828-4871.
Acesse: www.chiccurve.com.br

Compartilhe!
Deixe seu comentário

Veja
Também

Telefone
Diretor Comercial
Marcos Flaitt
(14) 99601-3070
E-mail
redacao@revistad.com.br
apoiorevistad@gmail.com
(14) 3221-0780
Siga-nos